Ligue Agora

(31) 3332-5850
banner-boarding

Saiba mais sobre as Aves e suas espécies

Os Papagaios e as Maritacas, assim como as kalopsitas, araras e periquito são aves que pertencem a mesma família; porém são de espécie diferentes.
Aves de espécie diferentes não se acasalam e conseqüentemente não geram filhotes.

Como são da mesma família e tem características muito semelhas o normal e as pessoas fazerem a distinção entre papagaios, maritacas e periquitos pelo tamanhos que é não esta totalmente errado mas o tamanho é só uma das característica a serem avaliadas.

Os Papagaios tem características bem peculiares;
São aves bem maiores do que as maritacas, medem entre 34 e 40 cm, tem o corpo robusto , compacto, e pesam entre 300 e 800 gramas
A calda e penas das asas são curtas e uniformes.
A cor predominante na maioria das espécies de papagaios é o verde, as outras cores são distribuídas pelo corpo de acordo com cada espécie.
O bico e redondo, curvado e normalmente escuro.
Os pés são fortes e com unhas muito afiadas.
Podem viver entre 50 e 80 anos.

As Maritacas são aves menores que os papagaios e maiores do que os periquitos, variam entre 24 e 30 cm e pesam em média entre 80 e 200 gramas.
A cor predominante é o verde. Vivem e média 20 a 30 anos em cativeiro, já na natureza vem menos por estarem mais expostos ao intempéries. Andam em bandos muito grandes e fazer muito barulho principalmente quando estão voando.

A fala não é exclusividade dos papagaios, os pássaros não tem corda vocais mas têm uma membrana chamada seringe que permite a reprodução de vários sons.
Os em especial papagaios são aves bastante sociáveis , comunicativas, inteligentes e tem uma grade capacidade de imitar sons.
Eles são excelentes imitadores, mas não sabem o significado do que dizem.

As gerações mais velhas foram acostumadas em retirar da natureza os animais e aves e fazer deles animais de estimação. Com a urbanização e extinção de algumas espécies este costume teve que ser revisto e foram criadas várias leis para proteger a fauna e flora Brasileira e hoje é crime criar aves retiradas da natureza sem critério e prévia autorização dos órgãos governamentais .
São poucos os criatórios que conseguem cumprir as exigências necessárias para comercializar estas aves legalmente.
Papagaios, maritacas, periquitos assim como Kalopsitas e outras aves podem ser domesticadas, porém precisam de autorização prévia.
Aves ilegais não podem ser legalizadas, pois não pode ser legalizar o ilegal.
Os cuidados necessários para se criar qualquer ave em casa são basicamente os mesmos.
1 -Ter boa procedência.
2 -Certificar que a ave é legalizada ou se é liberada para criação em cativeiro.
3 -Ao adquirir uma ave é necessário que o novo proprietário leve sua ave até ao veterinário antes mesmo levar para casa, tendo em vista a quantidade de zoonozes ( doenças transmitidas das aves para os seres humanos) que elas podem levar para os lares e também adquirir informações sobre os cuidados com a criação e alimentação.
4-O sexo da ave nem sempre dá para ser determinado pelas características externas e comportamentais é necessário fazer a sexagem para definir o sexo. É muito comum dar o nome para o papagaio de Loro e após anos ele botar um ovo e ter que mudar o nome para Lora. Isto pode gerar um constrangimento para toda a família principalmente para as crianças
5 –Os laboratórios veterinários estão extremamente bem equipados para ajudar o veterinário a confirmar os diagnósticos das principais doenças das aves ( , fungos, vermes gastrointestinais, viroses, doenças bacterianas, eimeriose e outras), e também fazer exames que prevenir as doenças o que pode melhorar a qualidade de vida e aumentar a longevidade das aves.